Penápolis, Segunda-Feira, 21 de Setembro de 2020
Folheie o jornal
Notícias / Cidade & Região
21/05/2020
Tamanho da letra
A-
A+

Daep regulamenta o parcelamento de contas durante a pandemia

Publicidade
box

Secom - PMP

O Conselho Gestor de Saneamento do Daep (Departamento Autônomo de Água e Esgoto de Penápolis) aprovou o parcelamento das contas vencidas até setembro de 2020 além da deliberação de realização de estudos técnicos e financeiros para criação de uma tarifa social para categoria residencial. A medida tem o objetivo de auxiliar as famílias que enfrentam dificuldades financeiras por conta da pandemia de coronavírus.

O parcelamento das contas poderá ser solicitado por todas as categorias econômicas, tanto as residenciais, comerciais e industriais. As solicitações serão analisadas pela assistência social do Daep e o interessado deve comprovar que o pedido é feito pelo proprietário do imóvel ou, em caso de imóvel alugado, deverá ter anuência do respectivo proprietário.

Os interessados em obter o parcelamento devem procurar a Central de Atendimento ao Cliente do Daep, localizada na Avenida Adelino Peters, 217 – Jardim São Vicente. Ainda será disponibilizado um formulário no site do Daep (www.daep.com.br) para que os munícipes possam preenchê-los. Vale ressaltar que em caso de imóvel alugado, é necessário apresentar um termo de anuência do proprietário.

O parcelamento foi aprovado após três reuniões que discutiram exclusivamente medidas mitigadoras para garantir a continuidade do abastecimento de água aos menos favorecidos que estão sendo afetados pela crise econômica da pandemia. As reuniões são realizadas por videoconferência.

Durante os encontros, o Daep apresentou diversos relatórios com informações sobre arrecadações, isenções concedidas para aposentados, pensionistas, entidades assistenciais e poder público municipal, beneficiários do programa Água para Todos. Ainda foram analisados relatórios com as despesas operacionais e o índice de inadimplência da autarquia para subsidiar a tomada de decisão dos conselheiros.

Os conselheiros expuseram opiniões e alternativas que pudessem auxiliar as famílias e empresas em dificuldades financeiras. Durante a reunião, o presidente do Daep, Márcio Wanderley, expôs que o momento atual é de muita cautela. “As propostas devem ser analisadas com muita responsabilidade, pois há muitas incertezas na economia”, afirmou.

Ainda foi discutido que os efeitos do afastamento social poderão resultar no aumento de desempregos e diminuição extrema na renda das pessoas. O presidente do Daep ainda acrescentou que embora haja benefícios para as famílias carentes, novas medidas devem ser efetivadas para enfrentar a crise financeira.

“Mesmo com a liberação do auxílio emergencial do Governo Federal, criação de medidas de subsídios aos empregadores, distribuição de cestas básicas pela Prefeitura, o parcelamento de contas de água terá enorme contribuição para o enfrentamento da situação de vulnerabilidade econômica das pessoas”, concluiu Márcio Wanderley.






Compartilhe com seus amigos no Facebook

Comentários publicados

Os comentários não representam a opinião do jornal. A responsabilidade é do autor da mensagem.


Atendimento:
18 3652-5511 / 3652-5679

Redação e Gráfica:
Av. Marginal Maria Chica, nº 1830 - CEP 16300-000 - Penápolis-SP

© 2020 Jornal Regional. É proibida a reprodução do conteúdo dessa página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso sem autorização do Jornal Regional.