Penápolis, Terça-Feira, 22 de Setembro de 2020
Folheie o jornal
Notícias / Cidade & Região
16/09/2020
Tamanho da letra
A-
A+

Briga ideológica através de outdoor causa polêmica

Publicidade
box

Da Redação

Um outdoor, contrário ao presidente Jair Bolsonaro, foi rasgado e incendiado na madrugada desta terça-feira (15), em Penápolis (SP), um dia após o cartaz ser instalado. A imagem dizia: “Sou penapolense e não fecho com Bolsonaro”. Ela foi colocada por cima de outra manifestação favorável ao presidente, que trazia a mensagem de que a cidade está fechada com o ex-capitão. Um vídeo do incêndio foi divulgado em grupos de whatsapp da cidade. Os autores ainda não foram identificados, mas no vídeo é possível ouvir a voz de um homem dizendo: “aqui é Bolsonaro”, e logo em seguida ele ofende os “petistas”, sem mencionar nomes, mas com palavras de baixo calão.

De acordo com a matéria publicada no site Carta Capital e também em vídeos postados nas redes sociais, o protesto contra Bolsonaro foi feito pelo ex-prefeito de Penápolis, o médico João D’Elia, de 70 anos.

Segundo a matéria, João D’Elia e seu filho, o jornalista Felipe D’Elia, pagaram 1.350 reais para o cartaz ser colocado no outdoor. Felipe compartilhou a troca em suas redes sociais e passou a receber mensagens de cunho LGBTfóbico e até ameaças de morte.

“Eu só queria mostrar que não é todo penapolense que apoia Bolsonaro, por isso fiz questão de assinar. Não é uma opinião da cidade, é minha. Fiquei surpreso com as ameaças recebidas. Isso mostra quem está nesse governo, o que ele valoriza e estimula. É só violência em cima de violência”, conta João D’Elia.

“Eu tenho a minha opinião e participo como eleitor apenas. Não tenho partido político, nem pretendo”, esclarece o médico, que é chamado de petista pelos militantes bolsonaristas. Ainda segundo o site Carta Capital, João D’Elia e seu filho Felipe afirmaram que vão registrar um boletim de ocorrência na Polícia Civil.  

 

OUTDOOR

 

Nesta terça-feira (15), o sócio-proprietário da Latina Comunicação e Marketing, Lucas de Oliveira Souza, postou um vídeo no Facebook para esclarecer como funciona a tabela da empresa, informando que a Latina foi contratada no final do mês passado para divulgar uma campanha com mensagens de apoio ao presidente Bolsonaro, em outdoors instalados em diferentes pontos da cidade. Segundo Lucas Oliveira, as propagandas permanecem nos outdoors por períodos de 14 dias e podem ser renovadas a critério do cliente. Ele explicou que a veiculação dos outdoors com mensagens de apoio a Bolsonaro teve início no dia 30 de agosto (segunda-feira) e terminou no domingo, dia 13 de setembro. E nesta segunda-feira (14) começou outra bissemana (nº 40) que será encerrada no próximo dia 27 de setembro (domingo). “Portanto, a Latina não retirou a propaganda de ninguém, a nossa empresa está no mercado há 12 anos, sempre trabalhando de forma honesta. Lamentamos sim o ato de vandalismo, porque além do prejuízo, isso não pode ocorrer numa democracia”, explicou Lucas.

 

 






Compartilhe com seus amigos no Facebook

Comentários publicados

Os comentários não representam a opinião do jornal. A responsabilidade é do autor da mensagem.


Atendimento:
18 3652-5511 / 3652-5679

Redação e Gráfica:
Av. Marginal Maria Chica, nº 1830 - CEP 16300-000 - Penápolis-SP

© 2020 Jornal Regional. É proibida a reprodução do conteúdo dessa página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso sem autorização do Jornal Regional.