Penápolis, Domingo, 19 de Novembro de 2017
Folheie o jornal
Colunas / Meio Ambiente
Meio Ambiente

08/04/2017
Tamanho da letra
A-
A+

SER SUSTENTÁVEL É PARTICIPAR DA CONSTRUÇÃO DE UM FUTURO DIFERENTE!

 

 

Lendo um resumo da palestra que o ministro  Barroso do STF, fez no STJ em Brasília e independentemente da simpatia ou antipatia, gostaria de frisar algumas colocações do mesmo.

Principalmente quando afirma que em meio à sucessão de escândalos de corrupção que abalam o País, é impossível não sentir “vergonha” diante dos últimos acontecimentos do noticiário. Diz categoricamente que o caixa 2 “frauda a democracia” e que as delações premiadas permitiram o desbaratamento de organizações criminosas infiltradas no poder público.

Penso que é chegada a hora de construirmos um futuro diferente, pois o Brasil como um todo se perdeu pelo caminho.

Nós fazemos parte de uma grande nação que merece ser honrada e passada a limpo.

Precisamos voltar a acreditar em nossas instituições, precisamos renovar de forma radical nossos gestores públicos.

A limpeza das coisas erradas tem que ser feita imediatamente, custe o que custar, esta prática institucionalizada da corrupção e péssimo emprego do dinheiro público que se estende da esfera federal, passando pela estadual até chegar na municipal, precisam ser efetivamente extirpadas de nosso currículo.

Práticas como o caixa 2, o financiamento de campanha, o vício de levar vantagem indevida precisam ser apagados de nossa cultura.

Somos grandes e fortes! Somos os melhores produtores de alimentos e energia do planeta! Precisamos voltar a sermos respeitados no mundo, mas antes de tudo, precisamos recuperar nossa auto-estima!

Estamos órfãos de líderes em todas as esferas, estamos perdidos em meio a um turbilhão de fatos novos e ao mesmo tempo previsíveis. 

Nossa revolta precisa ser cultural e comportamental, e isso só acontecerá quando mudarmos nossas atitudes! Ainda acredito no Brasil!

Só iremos avançar quando dissermos não ao abuso do poder definitivamente, quando realmente nossas instituições voltarem a funcionar de forma eficiente. E só lembrarmos a “Lei de Gerson” da Copa de 70!

Quando falamos em caminhar para a construção de uma sociedade sustentável, tal caminho deve ser pavimentado na verdade, na ética e no comprometimento para com o bem comum!

Obrigado pela atenção e até a próxima semana!





Compartilhe com seus amigos no Facebook

Atendimento:
18 3652-5511 / 3652-5679

Redação e Gráfica:
Av. Marginal Maria Chica, nº 1830 - CEP 16300-000 - Penápolis-SP

© 2017 Jornal Regional. É proibida a reprodução do conteúdo dessa página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso sem autorização do Jornal Regional.