Penápolis, Quarta-Feira, 26 de Junho de 2019
Folheie o jornal
Dicas de Segurança

23/02/2013
Tamanho da letra
A-
A+

Pesquisa do Governo Federal destaca SP na segurança

(reprodução)

O Ministério da Justiça, por meio da Senasp (Secretaria Nacional de Segurança Pública), divulgou nesta terça-feira (19) uma série de pesquisas sobre segurança pública. O estudo serve para desenhar um diagnóstico dos recursos humanos e materiais de todos os estados brasileiros.
Uma das pesquisas, “Perfil das Instituições de Segurança Pública”, apresenta a situação das polícias Militar, Civil e do Corpo de Bombeiros, em 2011, em relação à estrutura, recursos humanos e materiais, orçamento, ações de prevenção e atividades de capacitação e valorização profissional.
São Paulo possui importantes destaques nacionais nas polícias Civil, Militar e no Corpo de Bombeiros. Confira a seguir o referente à Polícia Militar.
O Estado de São Paulo é o que tem o maior número de unidades operacionais da Polícia Militar: 127. Na região metropolitana e no interior, são 104 batalhões e 17 batalhões especializados.
Além disso, SP também tem o maior número de bases de Polícia Comunitária do país. São 468 bases, dividas em fixas (252) e móveis (216).
Aqui, o sistema de registro de ocorrências abrange o Estado inteiro. Todos os atendimentos realizados são informatizados e armazenados em banco de dados, que são integrados ao sistema de registros usado pela Polícia Civil.
Orçamento da PM
O Estado de São Paulo é o que mais investe na Polícia Militar: quase R$ 8,5 bilhões foram usados para custear a corporação, incluindo as folhas de pagamento.
A federação é, também, a que mais investe em viaturas – dos recursos, 44,17% são destinados a esse fim. O Estado possui cerca 22,9 mil viaturas, 3 mil motos e 910 embarcações. A PM ainda possui 251 veículos grandes, como caminhões, ônibus e trailers. Os cavalos utilizados no policiamento são 427.
Mais de R$ 38 milhões (12,21% do orçamento) foram utilizados para a aquisição de equipamentos de comunicação para a Polícia Militar. O número é o maior do país. Os recursos financeiros são repassados também pelos governos municipal e federal.
São Paulo tem, para a segurança pessoal dos PMs, mais coletes balísticos do que policiais. São 86 mil coletes para um efetivo 85 mil policiais. Além disso, a corporação conta com 3,7 mil escudos para proteção de tiros. O total de armas é de 1,6 por policial militar.
Perfil da PM
O Estado também tem o maior número de mestres e doutores – 264 e 89, respectivamente, número bem acima da média nacional.
A Polícia Militar de São Paulo é a que tem o maior número de capacitações e treinamentos realizados para os policiais: 397,3 mil. Quem trabalha na PM pode fazer mais de uma formação.
Para o bem-estar dos policiais, o Estado de São Paulo oferece atendimento de saúde em unidades médicas próprias e conveniadas, além de campanhas institucionais relacionadas à promoção da saúde física. A PM de SP também oferece seguro às famílias do efetivo, por morte e por acidente incapacitante.
Dentre as ações da Polícia na sociedade, estão a prevenção ao uso de substâncias psicoativas, o policiamento comunitário, a inclusão social e a proteção a crianças, adolescentes e jovens em situação de vulnerabilidade social.
Campanhas de enfrentamento à violência doméstica e de gênero, à exploração sexual, ao preconceito e à violência racial, à homofobia também são realizadas.
Corpo de Bombeiros
São Paulo conta com o maior número de postos de atendimento do Corpo de Bombeiros, 235 ao todo. O segundo colocado é Santa Catarina, com 116.
O maior número de unidades de atendimento técnico, ou seja, na prevenção de incêndio e pânico, também está em SP, com 127 bases, seguido de Santa Catarina, com 109 postos.
No Estado são atendidas cerca de 8.400.000 chamados ao 193, seguido por Minas Gerais, com 335.885.
São Paulo é o Estado que tem o maior número de veículos de resgate, com 372, viaturas para o transporte de produtos perigosos, 11 e auto tanque, com 166, contando com 18 viaturas com apoio de água (superior a 10 mil litros).
SP também conta com o maior número de auto escadas, 31, auto plataforma 22, e auto guincho 15.
O número de embarcações de pequeno e médio porte motorizadas (305) e também sem motor como botes, caiaques e balsa (351), também são os maiores.
A corporação paulista é a que possui o maior número de adereços para a proteção do bombeiro durante o trabalho, como luvas, botas, calças, capacetes, além de contar com o maior número de equipamentos para salvamentos, 7.500. É também o único que possui câmera de imagem térmica, num total de quatro.

O Estado conta com um efetivo de 9.329 policiais bombeiros, possuindo o maior arsenal de pistolas, 941.
No total de ocorrências operacionais respondidas pelo Corpo de Bombeiros, São Paulo está na frente com 543.266 ocorrências, 70.945 em combate à incêndios, 356.235 resgates e 4.251 envolvendo produtos perigosos.

Fonte: http://www.ssp.sp.gov.br/noticia/lenoticia.aspx?id=30588
Assessoria de Imprensa da Secretaria da Segurança Pública            

1º Tenente PM Fernando da Cunha Bachiega
Bacharel em Ciências Policiais de Segurança e Ordem Pública pela Academia de Polícia Militar do Barro Branco.





Compartilhe com seus amigos no Facebook

Atendimento:
18 3652-5511 / 3652-5679

Redação e Gráfica:
Av. Marginal Maria Chica, nº 1830 - CEP 16300-000 - Penápolis-SP

© 2019 Jornal Regional. É proibida a reprodução do conteúdo dessa página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso sem autorização do Jornal Regional.