Penápolis, Sexta-Feira, 19 de Abril de 2019
Folheie o jornal
Dicas de Segurança

10/03/2012
Tamanho da letra
A-
A+

Medidas para Evitar o Roubo a Residência e ao Comércio

 

   No inicio deste mês, houveram alguns roubos a residência e ao comércio no nosso município, geralmente praticado com dois ou três indivíduos, na maioria das vezes armados com arma de fogo, e em alguns casos tudo indica que os marginais possuíam a informação de que o morador ou comerciante possuía dinheiro ou arma no local.

           Embora a Polícia Militar já tenha recuperado os veículos e alguns cheques roubados, bem como no intuito de evitar novos delitos desencadeou várias operações policiais que resultaram na apreensão de uma arma e de munições, bem como na condução de pessoas que serão averiguadas pelos órgãos competentes. As polícias ainda necessitam do apoio da população, denunciado pessoas que tenham cometido estes delitos, e os locais e pessoas envolvidas com o tráfico de entorpecentes, pois na maioria das vezes o roubo está ligado ao tráfico.    

           Ter uma arma de fogo em casa ou no seu comércio, mesmo que a arma seja legalizada e o proprietário habilitado para seu uso, não significa aumento de segurança, ao contrário, temos verificado que possuir uma arma de fogo pode inclusive aumentar as chances de você ser vítima de um roubo, pois em alguns casos ocorridos, os marginais tem procurado residências e comércios onde eles tenham conhecimento que exista arma de fogo no local, em alguns casos, rendendo vigias profissionais para subtração da arma, ou seja, ter uma arma em casa é mais uma chamariz para os marginais do que uma proteção. A arma traz ao seu domo uma falsa sensação de segurança, pois na maioria das vezes as pessoas são surpreendidas, impossibilitando qualquer tipo de reação, e até mesmo pessoas treinadas e com a arma na cintura, às vezes são alvejadas ou mortas quando reagem a um assalto, por isso vale a velha orientação de que NUNCA REAJA a um assalto, geralmente a vítima está em desvantagem e pode haver algum comparsa armado e escondido.

      Quase na totalidade dos casos verifica-se que os meliantes aproveitaram-se de momentos de distração das vítimas como na chegada ou saída de sua residência para então render as vítimas e consumar o delito. No comércio deve-se ter mais cuidado nos dias de pagamento e nos horários de abertura e fechamento. Em locais onde se movimenta muito dinheiro como a exemplo das Casas Lotéricas, um investimento em um sistema de câmeras de monitoramento ou isolamento dos funcionários através de  blindagem dos vidros e da porta de acesso a área restrita dos funcionários é uma boa opção.

      Os dispositivos de segurança como câmeras de monitoramento, portões eletrônicos, cerca elétrica, muros altos, porteiro eletrônico com câmera e sistema de alarme, dificultam em muito a vida dos marginais. Atualmente existe a possibilidade de se visualizar as imagens das câmeras de segurança remotamente em aparelhos celulares do tipo smartphone utilizando-se apenas da internet, e em caso de anormalidade acionar a polícia.

       Recomendamos ainda:

      -que se estabeleça uma rotina de segurança em seu cotidiano como observar qualquer pessoa estranha próxima a sua residência, como por exemplo, pessoas em motos, bicicletas ou paradas em locais escuros ou estranhos, em atitude suspeita;

      -caso esteja chegando e perceba algo de estranho próximo a sua residência passe pela casa e dê uma volta no quarteirão verificando se há algo ou pessoas em atitude suspeita, se estiver tudo normal proceda a entrada na garagem, caso ainda seja necessário acione a Polícia Militar;

      -não guarde grandes quantidades de dinheiro em casa;

      -não deixe o portão ou a porta de entrada de sua casa aberta, mesmo que você esteja em casa;

      -recolha imediatamente as correspondências bancárias da caixa de correio, evitando que a mesma seja subtraída por pessoas má intencionadas;

       -tenha cautela ao atender pessoas que tocam a campainha ou batem palma na sua casa, principalmente no período noturno ou de madrugada, este artifício é usado para render o morador, se você possuir interfone converse com desconhecidos ou pedintes somente pelo mesmo e não saia de casa; se você não possuir interfone abra parcialmente a porta da sala e converse a distância sem se aproximar do muro ou grade, mas se a sua casa não possuir muro não abra a porta imediatamente, converse com a porta fechada ou através de uma janela com grade e caso observe algo acione a Polícia Militar através do telefone 190 passando o maior número de características da pessoa que puder observar e não saia de sua residência até a chegada da Polícia Militar.

      Se for surpreendido por assaltantes nunca reaja, o marginal não tem nada a perder e também se encontra nervoso e tenso com o crime.

       Se você for surpreendido por um marginal procure manter a calma e observar o máximo de características dos delinquentes para então serem passadas à polícia através do telefone 190.

      

1º Tenente PM Fernando da Cunha Bachiega 

Bacharel em Ciências Policiais de Segurança e Ordem Pública pela Academia de Polícia Militar do Barro Branco.





Compartilhe com seus amigos no Facebook

Atendimento:
18 3652-5511 / 3652-5679

Redação e Gráfica:
Av. Marginal Maria Chica, nº 1830 - CEP 16300-000 - Penápolis-SP

© 2019 Jornal Regional. É proibida a reprodução do conteúdo dessa página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso sem autorização do Jornal Regional.